20 de abril de 2009

Telhados Verdes "Green Roofs"


Material e Métodos:

Os famosos Jardins Suspensos da Babilônia, considerados como uma das sete maravilhas do mundo antigo, já não são mais um privilégio apenas do rei Nabucodonosor. Mais comuns na Europa, os telhados verdes estão, aos poucos, conquistando os brasileiros.

De acordo com o engenheiro agrônomo João Manuel Linck Feijó, da empresa gaúcha Ecotelhado, os telhados verdes são estruturas adaptadas para receber uma cobertura de gramado em lajes e telhados de casas e edifícios. "Ele funciona como isolante acústico e térmico, mantendo o ambiente sempre fresco", comenta.


Ele é composto do conjunto formado pela ecotelha vegetada e sub-telhado que pode ser de telha de fibrocimento, metálica, laje de concreto impermeabilizada e até mesmo telha de cerâmica. A impermeabilização constituída pela telha isola o interior do ambiente da umidade, enquanto que a ecotelha vegetada, que vai sobreposta ao sub telhado, tem a finalidade do isolamento térmico e acústico, além de servir como base para a vegetação.


Além de ser esteticamente bonito, esse tipo de cobertura retém as águas das chuvas, evitando que elas cheguem até os rios. "Com a urbanização das cidades o solo se tornou impermeável, fazendo com que as águas provenientes das chuvas sejam levadas diretamente para os rios. Em casos extremos, esse excesso de água causa enchentes", completa.

Como a própria planta utilizará esta água armazenada para seu desenvolvimento, isso evitará que o proprietário do imóvel tenha trabalho com a irrigação. "Quase não é preciso trabalhos de manutenção, pois escolhemos as espécies de plantas adequadas aos diferentes climas e normalmente elas não precisam ser podadas, pois têm o crescimento lento e de porte baixo", explica Feijó.


Ainda segundo o engenheiro agrônomo, a fotossíntese realizada pelas plantas transforma o gás carbônico em oxigênio, purificando o ar. "A evaporação da água também refresca o ambiente, melhorando o clima. As áreas rurais chegam a ser até 9ºC mais baixas do que nos grandes centros urbanos devido a quantidade de plantas existentes", completa.


Os materiais utilizados para a implantação do telhado verde são feitos de materiais recicláveis. Cada metro quadrado instalado pesa cerca de 50kg, não precisando haver nenhum tipo de preparo especial da estrutura do imóvel. O valor também é acessível: R$ 100 por metro quadrado.

"O ecotelhado deveria ser utilizado em larga escala, tanto nas residências quanto no comércio e nos prédios. A instalação é simples, não dá trabalho de manutenção e ajuda o meio ambiente", afirma João Manuel Linck Feijó. Para ele, a procura pelo telhado verde tem sido crescente, mas ainda é uma novidade que precisa ser difundida.

Resultados e Discussão:

Sabe qual é o melhor disso tudo? Telhados verdes além de seu grande benefício ao bem-estar urbanos e ao meio ambiente, são (na minha opinião claro) extremamente bonitos!

Imaginem uma cidade toda coberta de telhados verdes! Imaginem o odor da manhã! Imaginem o horizonte urbano coberto de verde e flores, e a quantidade de pássaros que retornariam aos centros urbanos. Sonho? Sinceramente acredito que não. Apesar de não concordar muito com o texto quando diz que R$ 100 por metro quadrado é barato, se for verdade que é uma tecnologia que está em crescimento de uso, esse preço tende a diminuir, e como é um adorno bonito às construções, o capitalismo e o consumismo se encarregam do resto (risos).

Creio que a tecnologia deva passar por uma visão mais biológica de escolha das espécies vegetais que compõem o telhado, e não apenas se concentrar naquelas que seriam resistentes ao ambiente que são submetidas, mas também que sejam plantas nativas e de interesse biológico, e porque não econômico, desta forma trazendo mais benefícios para o ambiente e também á sociedade. Afinal temos ótimas ferramentas de biotecnologia pra isso.

Concluindo, acho que telhados verdes são um perfeito exemplo do que pode ser Bom, Bonito, Barato, e Ecologicamente útil.

Leia mais em:

www.greenroofs.org



7 comentários:

Luíza Paiva disse...

achei meio bizarro mas é uma alternativa pra quem quer ter área verde mas não quer sair dos grandes centros... prefiro morar em uma casa e ter um jardim! heheheheh

vivoverde disse...

Olha... muito obrigada pela visita!! Mesmo ^^

Quanto a esta matéria, lembrei da campanha que a Globo estava fazendo do telhado Branco, de pintarem o telhado para refletir mais se não engane.. há.. só sei que nem fui muito afavor da campanha ...

Esta do telhado verde é brilhando .. ADOREI .ioto bem escrita também rs vou divulgar pelo twitter! abraços :D

Dimas disse...

Ah, não achei bizarro, achei bonito e muito legal. Tem umas escolas nos EUA que fazem jardins altamente trabalhados e muito bonitos nos telhados, eu gosto. Mas engraçado que quando eu li o título, achei que seria sobre pintar telhados de branco. O Greenpeace tem um movimento pra pintar telhados de branco, refletindo a luz do sul e "diminuindo" o aquecimento global, já viu? Achei a idéia curiosa também!:P

Davi Barreto disse...

Dimas e vivoverde!

Eu conheço a ideia do telhado branco.. as ideia e os objetivos dos dois projetos são diferentes..

Um telhdo branco reflete a luz do sol (mimetizando a neve) fazendo com que a Terra absorva menos calor

O telhado verde a ideia é atuar nos microclimas trazendo mais umidade e oxigenio aos grades centros.. além de deixar mais bonito né?

Daniela Lima disse...

vc deveria esta no scienceblogs, vc começa com ênfase no científico, mas em seguida traduz muito bem, para q todos possam entender...parabéns

dona_alice disse...

owww!
Eu queria um telhado assim!
Já pensou?!
=)

PROFª. ROSÂNGELA disse...

olá, gostei muito da sua materia. parabéns.