4 de setembro de 2009

Não existem genes do câncer!


Looping de Replicação do DNA


Hoje durante uma conversa com amigos escuto a seguinte afirmação.. "Não entendo como ainda não descobriram a cura do câncer. Se até já sabem quais são os genes que causam, já deveriam ter arrumado alguma forma de impedir isso."

Normal, afinal de contas, se eu ficasse escutando a Fátima Bernardes dizendo que "cientistas isolaram o gene que causa câncer disso ou daquilo" praticamente toda semana também pensaria assim.


Mas afinal existem genes que causam câncer?

Não neste sentido literal... (ou pelo menos ainda não foram descobertos) o que temos são genes que em algum determinado momento da vida, são danificados, e começam a atuar (serem expressos) de forma descontrolada, fazendo com que a célula entre constantemente em divisão (mitose), originando com o tempo um tumor.


Por exemplo, algumas das principais proteínas responsáveis pela regulação do ciclo celular em células de mamíferos são as Ciclinas e as CDK's. Juntas elas formam um complexo proteico fosforilador que irá basicamente dar iníco a fase S do ciclo celular (fase de replicação do DNA, necessária para que existam duas cópias da molécula, e assim a célula poderá se dividir).


Supondo que por algum motivo, ocorra uma mutação no gene de uma das CDK's, e esta comece a ser super expressa, se isso não for corrigido por proteínas da própria célula ela se tornará uma mutante com o ciclo celular desregulado, e, se essa mutante não for identificada pelo sistema imune e eliminada por células especiais (como as Natural Killers), poderá se desenvolver um tumor.

Mutações e erros no DNA, ocorrem a todo instante no nosso corpo, mas existem mecanismos afim de impedir que o câncer se desenvolva, e a eficiência desses mecanismos variam de pessoa para pessoa, e aí nós temos uma das possibilidades de PREDISPOSIÇÃO GENÉTICA.

Entenderam a diferença? Predisposição não significa possuir um gene causador de câncer, e sim, uma tendência a manter células tumorais vivas, e isso também devido à vários fatores.

Não seria muito ilógico, evolutivamente falando, que genes causadores de câncer (no sentido literal da frase) existissem? Ainda mais em grande quantidade...

5 comentários:

Julliane disse...

Huuuum!!! Acho que eu escutei algumas coisas sobre o assunto ontem!!!! rs!!

Só vim te fazer uma visita e ver a musica do PCR!
Bjus Ju

SSB! disse...

Quando eu comecei a estudar a divisão celular, mas ou menos na segunda aula, perguntamos ao professor ele nos respondeu exatamente isso. É até estranho ver o jornal falando que isolaram o gene.
Mas... em todo caso, espero em breve ver algum medicamento que cure ou impeça essa mutação gênica.
Abraços!

Vida de Casal disse...

Ela-Assunto interessante mas não entendo muito =P Enfim espero que encontrem a cura ^^

tem post novo, dá uma olhada e diz a sua opinião ^^

=**

NeVeS disse...

Acho que tudo que envolve genética, biologia celular e, principalmente, o câncer propriamente dito é tão complexo que sempre irão descobrir algo novo e, assim, substituirão o que antes foi descoberto.
Tudo isso é biologia, tudo isso é fantástico.

HPLC disse...

Bem esclarecedor!